Como Vender Crochê - 3ª Parte - Exterior

Como Vender Crochê - 3ª Parte - Exterior:
Já falamos de como calcular o preço do Crochê e também de como vender suas peças pessoalmente e pela net. Que tal vender para o exterior? Seu Crochê espalhado pelo mundo.

A venda para o exterior é semelhante a venda feita pela net para o Brasil. O que muda além da dificuldade do contato pela diferença de idioma é o envio que custa um pouco mais caro e principalmente o pagamento.

Contato: Você recebe um e-mail escrito em português, mas de forma estranha com a concordância errada. Ao final um gracias ou tranks e descobre que o texto foi escrito por um tradutor automático. As vezes a mensagem vem em outro idioma que você tem até dificuldade de identificar. Pode ser alguém do exterior querendo uma peça sua em Crochê. Você não precisa se assustar, embora tenham algumas dificuldades podem ser contornadas com dicas simples.

Se a cliente for de Portugal a língua não é problema. Se for da Espanha ou de países que falam espanhol é possível entender quase tudo. O inglês, francês, italiano e outros idiomas você pode recorrer a um tradutor automático tanto para ler a mensagem da cliente como para sua resposta. Não precisa comprar nenhum programa ou baixar nada para o seu PC. O Google tem a Ferramenta de Idiomas que é fácil de usar. Clique aqui para conhecer.

Basta escrever o texto a ser traduzido e configurar os idiomas, em seguida clique em traduzir. Como é difícil escrever em outro idioma use o recurso de copiar e colar o texto da mensagem que recebeu e também para enviar a resposta. A tradução não é perfeita, me parece que nenhum tradutor automático consegue ser 100% fiel mas é muito bom o resultado e no meu caso sempre resolveu.

Envio: Da mesma forma que você envia para o Brasil também pode ser feito pelos Correios, o que muda são as opções. A forma mais rápida é a Encomenda Expressa que seria “um sedex internacional” que também é a mais cara. Há casos que sai mais cara do que o produto a ser envaido por causa do peso.
Existem outras mas eu recomendo a Leve Prioritária que sai mais em conta e o prazo de entrega é razoável, o único detalhe é que o peso total incluindo a embalagem não pode passar de 2 kg. Em peças de Crochê é um limite de peso mais do que suficiente.


Os correios também disponibilizam uma ferramenta para calculo do valor no seu site que pode ser acessada Clicando Aqui .

Se tive duvida entre em contato com os telefones dos correios que são gratuitos: 3003-0100 Capital e regiões metropolitanas ou 0800-7257282 para o interior.

Você tem o valor da peça e das opções de envio em nossa moeda (Real), agora você precisa converter para a moeda do país da sua Cliente. Na Europa em quase todos os países é usado o Euro, nos Estados Unidos o Dólar. E se for para outros países? Você teria de converter para a moeda local o que nem sempre é fácil. Eu envio o valor em dólares americanos por ser uma moeda de referência em todo mundo e sempre deu certo, portando deixo esta sugestão.

O valor do Euro ou Dólar é bem fácil. Pode ser calculado no site do Banco Central ou nos principais portais da net. Basta escrever no Google e escrever cotação e a moeda que deseja que vão aparecer diversos links.
Tendo a cotação ficou fácil, basta dividir o valor em Reais da peça com o frete pelo valor da moeda que deseja. Vamos a um exemplo prático: A peça fica em R$ 150,00 + o frete de R$ 30,00 totalizando R$ 180,00. Se a cotação do Dólar for de R$ 1,80 o valor da encomenda seria de U$ 100,00 (cem dólares).


Como a cotação das moedas está sujeita a variações aconselho a aumentar o preço entre 5 a 10 % para se prevenir perdas e também compensar diferença de cotação no momento do resgate do valor enviado pela cliente que explicarei depois. Informe a cliente que o orçamento é válido por uma semana.

Tente explicar o preço e demais detalhes da venda para sua cliente da melhor forma. Eu costumo mandar o texto de resposta em português e também traduzido de forma automática para o idioma dela. É bom lembrar que você está conversando com alguém de outro país e cultura diferente da sua.

Pagamento: Esta é a parte mais complicada pois envolve transferência de valores entre países. Há diversas formas, vou citar as que conheço e explicar alguns detalhes.

- Western Union: É uma empresa especializada em remessas de valores entre países. Em alguns países como Portugal por exemplo funciona em agências dos Correios, em outros funciona junto a Bancos. Você precisa enviar a sua cliente seu nome completo e endereço. Cuidado com a grafia correta pois se tiver erro pode dificultar o recebimento. Após a cliente fazer a remessa ela vai lhe enviar um código numérico que você vai levar a uma agência do Banco do Brasil junto com seus documentos para receber o valor. Você não paga pelo serviço, o custo é pago pela cliente no envio.

- Vale Postal Internacional: É uma remessa de valores através dos Correios. A cliente faz nas agências dos Correios do seu país e depois de alguns dias chega o aviso na sua residência e você faz a retirada do valor na agência dos Correios especificada. Você não paga pelo serviço, o custo é pago pela cliente no envio.

- Xoom e outras empresas semelhantes: São empresas que faz transferências bancárias pela net de vários países para o Brasil. Você precisa enviar a sua cliente os seus dados bancários completos incluindo o nome completo e CPF. Após a transferência ser feita o valor entra na sua conta em torno de 48 horas. Geralmente você não paga pelo serviço, o custo é pago pela cliente no envio.

- Paypal: é uma empresa virtual que realiza pagamentos on line com a vantagem da cliente poder fazer a operação toda on line. Para isso ela vai ter que usar Cartão de Crédito Internacional. Você precisa abrir uma conta no Pay Pal que é bem simples e não tem custo, você paga apenas se receber algum valor. Esta conta é identificada pelo seu e-mail e funciona como uma conta corrente onde você pode adicionar valores e fazer retiradas. Caso você queira retirar o dinheiro o valor é creditado em sua conta bancária aqui no Brasil, lembrando que a conta bancária tem de ser no seu nome. Dependendo do valor é cobrada uma pequena tarifa por esta operação.
O cliente não paga pelo serviço do Pay Pal, é descontado de você uma taxa de intermediação. Mesmo com todos os detalhes eu considero a melhor opção pela facilidade da operação. Na net você encontra até Paps ensinando a usar o serviço.


Para mais informações procure os sites das empresas. Basta entrar no Google e fazer uma busca.

- Pagamento aqui no Brasil: Há muitas brasileiras no exterior e costumam ter família aqui. Algumas tem até conta bancária ainda. Neste caso as opções de pagamento são as mesmas de vender para o Brasil e isso facilita muito.

Atenção: As informações acima estão sujeitas a mudanças. Por serem empresas internacionais estão sujeitas a Leis de vários países. Consulte sempre sobre taxas e descontos antes de enviar a sua cliente as opções de pagamento. Valores recebidos do exterior devem ser declarados no seu IR e estão sujeitos a tributação. Comigo sempre funcionou de forma satisfatória mas isso não garante que funcione para você também.

Se sua cliente fechou a encomenda ou comprou sua peça pronta envie o mais rápido possível. Se as pessoas tem desconfiança de comprar pela net em seu próprio país imagine então de outro. Assim que fizer o envio informe a sua cliente e lhe mande o número do documento. O rastreamento dos correios do Brasil funcionam para o exterior apenas para Encomenda Expressa. Se for por Prioritária Leve ou outra vai informar apenas até a saída do país, mas a cliente pode acompanhar pelo rastremanto nos Correios do seu país, já que vários tem este serviço.

As vendas ao exterior são um pouco mais complexas mas geralmente compensam até mesmo pelo prazer de ter uma peça produzida por você em outro país. Há muitas brasileiras morando no exterior e elas também compram. Nos últimos tempos com a crise americana e depois na Europa as vendas ficaram mais raras, mas isso é temporário e devem se normalizar em breve.



Add to Google

✎ Juvenis-Lição 09: Salmos falam de realização de sonhos

✎ Juvenis-Lição 09: Salmos falam de realização de sonhos: Olá professores!
Deixo algumas dicas para essa aula.

1. No seguinte link você pode fazer uma leitura a cerca dos sonhos. Confira!Uma Fábrica de Sonhos e ilusões
2. O blog "Atitude de Aprendiz" tem uma dinâmica pertinente sobre esse assunto:Dinâmica: A árvore do sonho
3. E por fim, estou disponibilizando uma apresentação em PPT (slides) para essa aula. Veja nas imagens abaixo, e se quiser, pode pedir pelo e-mail: ebdcriativa@gmail.com.br
4. Curta também a página do blog: www.facebook.com.br/ebdcriativa

Boa aula!!!
















Add to Google

Vídeo Aula Crochê - Tapete Square Supremo Flores

Vídeo Aula Crochê - Tapete Square Supremo Flores:
Você gostou do Square Supremo Flores? Vamos fazer um tapete com ele?


Usei os mesmos Barbantes e a agulha do Square da postagem abaixo. Fiz com 6 squares dividos em duas fileiras com 3 squares em cada uma. Você pode fazer em qualquer tamanho, basta fazer mais squares. O mesmo vale para as carreiras após a união dos squares.


Vamos a vídeo aula:



As peças de Crochê, Tricô e Bordado mostradas no blog estão disponíveis para encomenda, bem como os meus Dvds com vídeo aulas.

Sobre os Dvds tenho o Curso de Iniciantes com os Volumes 1 (Pontos e Técnicas básicas do Crochê) e o Volume 2 que é a continuação. Tenho também um grande número de Dvds com trabalhos completos e os especiais com os seguintes temas: Jogos de Banheiro, Bebê, Bicos e Barrados, Bolsas, Cachecóis, Casa (trabalhos para o seu lar), Flores em Crochê, Ímãs de Geladeira e Lembrancinhas, Moda Inverno, Leitura de Gráficos de Crochê, Mantas, Meias e Pantufas, Natal, Porta Moedas, Sachês, Sapatinhos Bebê, Tapetes e Cortinas, Toalhinhas e Vestuário Feminino.

Tenho também Dvds sobre Tricô e Bordado Livre (bordado da vovó). Acesse o
Elaine Croche Vídeos e veja todo o conteúdo dos Dvds com a relação dos pontos e trabalhos.

Para maiores informações sobre encomendas e Dvds, por gentileza entre em contato pelos e-mails abaixo:
tripiano@globo.com ou elainetripiano@gmail.com

Visite o
Cantinho das Alunas e veja diversos trabalhos das alunas (os) do nosso blog. Mande o seu trabalho para ser publicado.

Obrigada pela visita e recadinhos!


Add to Google

Aline Barros: Rendido Estou

Aline Barros: Rendido Estou:

Toma-me, rendido estou

Aos pés da cruz me encontrei

O que tenho te entrego, oh Deus


Vem limpar as minhas mãos

Purificar meu coração

Que eu ande em tudo que tu tens pra mim


ô ô ô ô

Eis me aqui, rendido estou

Uô ô ô

Eu sou teu e tu és meu, Jesus


Meus momentos e os dias meus

Meu respirar e meu viver

Que sejam todos, pra ti oh Deus


ô ô ô ô

Eis me aqui, rendido estou

Uô ô ô

Eu sou teu e tu és meu, Jesus


OooOooOoo


Minha vida dou a ti, Senhor

Rendido a ti, estou

E pra sempre cantarei:

Faz em mim o teu querer


ô ô ô ô

Eis me aqui, rendido estou

Uô ô ô

Eu sou teu e tu és meu, Jesus


Minha vida dou a ti, Senhor

Rendido a ti, estou

E pra sempre cantarei:

Faz em mim o teu querer



Aline Barros: Rendido Estou

Aline Barros: Soube Que Me Amava

Aline Barros: Soube Que Me Amava:

Desde o princípio quando com você sonhei

Desde o momento em que os meus olhos levantei

Desde esse dia em que sozinha eu estava

Foi quando o seu olhar no meu se encontrou.


Soube que me amava, entendi

Soube que buscava mais de mim

Que muito tempo me esperou, e então cheguei.

Soube que me amava, entendi

Eu já não podia resistir, e com um beijo e com amor

Te entreguei meu coração, me apaixonei


E quando longe eu estava

Percebi que o teu carinho e o teu amor

Eram pra mim como um sussurro,

Ouvi tua voz no meu silêncio

Me chamando cada dia mais pra ti.


Soube que me amava, entendi

Soube que buscava mais, mais de mim

Que muito tempo me esperou, e então cheguei.

Soube que amava, entendi

Eu já não podia resistir, e com um beijo e com amor

Te entreguei meu coração, me apaixonei.


(Introdução)


Soube que amava, entendi

Soube que buscava muito mais, muito mais de mim

Que muito tempo me esperou, e então cheguei.

Soube que amava, entendi

Eu já não podia resistir, e com um beijo e com amor

Te entreguei meu coração, me apaixonei.

Me apaixonei!

Estou aqui!



Aline Barros: Soube Que Me Amava

Add to Google

Como Vender Crochê - 2ª Parte

Como Vender Crochê - 2ª Parte:
A net entre tantos avanços trouxe muitas comodidades. O mundo ampliou os horizontes e o acesso a bens e serviços ficou mais fácil. Comprar pela net é uma realidade e a tendência é de crescimento nos próximos anos. Uma oportunidade para vender os nossos Crochês para todo o Brasil e o mundo.

Antes vou fazer uma ressalva, sobre as expectativas criada por muitas iniciantes e que infelizmente nem sempre se concretizam. As vendas pela net são semelhantes em muitos aspectos com as vendas feitas pessoalmente, portanto também tem seus problemas. Não esperem resultados imediatos, vendas fantásticas e excelente retorno. Lembrando a frase de Albert Einstein “O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário”. É preciso muita dedicação e persistência. Você já visitou um blog que está a meses e até anos sem atualizações? Na net a centenas de blogs e sites assim, cujo suas criadoras desistiram pelo caminho por não conseguirem os resultados que esperavam. Procure seu espaço com criatividade, objetividade e principalmente originalidade, sem imitar o trabalho alheio pois a cópia e rejeitada por quem conhece o original. Não abandone as formas de venda tradicionais, considere a net como uma opção a mais e não a principal, pelo menos por enquanto. Se prepare para disputar uma maratona (longa duração) e não provas de 100 metros rasos (curtíssima duração).

Outro detalhe importante são as fotos, devem ser as melhores possíveis. Quem está do outro lado do PC tem apenas as imagens para ver o que está comprando. Se a foto no seu blog ou site forem ruins ou pobres de detalhes dificultam a venda. Celulares são ótimos para falar e mandar mensagens mas não para fotografar. Invista em uma boa câmera digital ou até tome emprestado de alguém para tirar suas fotos. Se com flash as fotos ficarem ruins procure um espaço ao ar livre. Tire diversas fotos para escolher as melhores. Se inspire nas fotos de revistas para fazer as suas. Mostre a peça inteira e também os principais detalhes, não economize nesta área. Fotos ruins, sem nitidez ou fora de foco podem dar idéia que a pessoa está tentando disfarçar os defeitos das peças ou esconder os detalhes para evitar cópias. Isso é bobagem, pois quem sabe copiar Crochê por fotos dificilmente iria comprar seu produto.

Feitas estas observações vamos em frente.

Há diversas maneiras de mostrar e vender seus trabalhos, através de blogs, sites, lojas virtuais, redes sociais, etc. Vamos falar um pouco de cada uma e também dar dicas sobre venda e envio.

Blogues: são a porta de entrada na net para muitas artesãs. Criar um blog é relativamente fácil, não há custo para criação ou manutenção e a atualização também é simples. A parte de criar o blog é a mais fácil, na net há diversos sites que ensinam com dicas diversas. Depois vem o que realmente importa que é a divulgação e tornar seu blog atraente para as visitantes para que traga retorno. Vale lembrar que um blog não é exatamente um canal de vendas mas sim de demonstração do seu trabalho. A venda, pagamento, calculo de frete e detalhes da peça deveram ser feitos por contato direto entre você e sua cliente.

referência: blogger


Sites: a grosso modo seria um degrau acima dos blogs. A diferença é que você precisa pagar pela sua criação e manutenção, embora haja a opção gratuita também se o número de visitas não for alto. Geralmente há necessidade de registrar um domínio que tem custo. Também requer investimento em divulgação e capacidade para fazer as atualizações. Muitas pessoas criam um blog e publicam em um endereço próprio o que na pratica é um “blog mais chique”. Cabe a cada uma analisar o custo benefício e decidir se compensa o investimento ou não.

Lojas virtuais: é uma opção profissional e dedicada somente a vendas. Possui ferramentas para venda, pagamento, calculo de frete, etc. Estas facilidades tem um custo mais alto de criação e manutenção. É um investimento alto para quem está começando. Há lojas virtuais especializadas em artesanato usadas por muitas meninas que fazem Crochê que possuem custo reduzido.
Referência: Elo 7


Redes Sociais: no Brasil as mais famosas são o Orkut e o Facebook embora existam outras. Quase todo internauta tem conta nestes sites. Assim como os blogs, não são canais especializados em venda, mas são bons para a divulgação dos seus trabalhos e depois fazer a venda de forma tradicional incluindo encomendas. São utilizados como complemento dos blogs e sites.
Referências: Orkut e Facebook


Detalhes das vendas

Se você tiver uma loja virtual profissional tem a sua disposição diversas ferramentas de venda e recebimento. Mas se não tiver preste atenção nestas orientações abaixo:

- A cliente ao visitar seu blog, site ou rede social e gostar de uma peça vai entrar em contato por e-mail ou recado no próprio site. O ideal é trazer a negociação para o e-mail pois assim seu contato é pessoal o que é desejável afinal é um assunto que interessa apenas a você e a sua cliente.

- Seja o mais cordial possível em seus contatos. As clientes embora as vezes exagerem em alguns detalhes gostam de ser bem tratados, no comércio e na vida a boa educação é norma. Imagine sempre que se fosse você do outro lado do PC gostaria de um tratamento Vip.

- Informe a cliente todos os detalhes do produto e caso haja opções de acabamento e material devem ser passadas. O e-mail deve ser claro de maneira a não deixar duvidas e mal entendidos, é melhor pecar pelo excesso do que pela falta de informações. Informe o preço, frete, prazo para envio e as condições de pagamento. Caso não saiba informar o frete peça o CEP da cliente para consulta e posteriormente poder informar os valores. Se a cliente morar na sua cidade você pode combinar a entrega pessoalmente e também de quem será o custo.

- O frete geralmente é via Correios. Há duas modalidades básicas de envio: SEDEX e PAC.

O SEDEX é a modalidade mais rápida, geralmente a entrega é em torno de 48 horas. Se for de capital para capital costuma chegar até em 24 horas. Tanta agilidade tem seu preço, sendo mais caro que o envio por PAC. Há também outras modalidades como o SEDEX 10 mas o preço além de ser bem mais alto não atende todas as cidades.

O PAC é a opção mais barata sendo tão segura quanto o SEDEX. A demora é de 5 a 15 dias úteis dependendo da cidades de envio e entrega. A título de comparação um objeto com peso de 1 Kg e dimensões em torno de 30 cm enviado de Brasília para São Paulo (capital) fica aproximadamente R$30,00 por SEDEX e apenas R$ 14,00 por PAC.
O valor do frete complica a venda de pequenas peças pela net. O envio de um sapatinho de bebê por PAC fica acima de 70% do seu preço. Por SEDEX chega a ser mais caro que o próprio sapatinho. Isso acaba por inviabilizar a venda. Como o frete é por peso tanto faz você enviar 100 gramas como 1 kg vai pagar a mesma coisa, Enviar 1 sapatinho ou 5 custa a mesma coisa.
É bom lembrar também da embalagem. Se você optar por caixas prontas que são vendidas nos Correios vai pagar no mínimo R$ 3,00 a unidade. Se forem peças maiores o preço chega a triplicar. Se a embalagem for uma caixa reaproveitada (de sapatos por exemplo) sai mais barato, ocorre que elas geralmente são mais pesadas e pode aumentar o valor do envio. Os Correios também recomendam que sejam embrulhadas naquele papel marrom ou pardo. Considere cobrar esta despesa junto com o frete. Se você morar longe das agências dos correios há também a sua despesa de locomoção.


Os correios oferecem um calculador de preço. Para conhecer Clique Aqui . Você vai precisar do CEP seu e da sua cliente, o peso do produto e as dimensões da embalagem: comprimento, altura e largura. Lembrando que o peso é o final, ou seja já com a embalagem. As dimensões complicam um pouco no início mas aos poucos você pega o jeito. Se tive duvida entre em contato com os telefones dos correios que são gratuitos: 3003-0100 Capital e regiões metropolitanas ou 0800-7257282 para o interior.

- Os correios oferecem a opção de seguro. Assim em caso de extravio da encomenda o que é muito raro, você e a cliente não tem prejuízo.
O custo é de 1% do valor da sua encomenda e deve ser pago pela cliente.
Referência: Correios
.

- O prazo de confecção e envio da peça é muito importante. Lembre a cliente que o prazo começa a contar do fechamento da encomenda. Se você vai enviar com 5 dias diga a cliente que vai precisar de 7 dias pois assim há margem para imprevistos. Não cumprir os prazos é algo imperdoável, a maioria das clientes vai ficar chateada se isso acontecer. Se por acaso não tiver como, comunique a cliente e peça desculpas de forma incisiva. Se possível mande um brinde para a cliente para compensar este imprevisto, pode ser uma lembrancinha como uma niqueleira ou um broche por exemplo. Conquiste a sua cliente.

- O pagamento merece algumas considerações. O depósito bancário é a opção mais pratica. Se não tiver conta bancária pode ser do seu filho ou marido por exemplo. Outra opção é abrir uma conta de poupança em seu nome na Caixa Econômica que não tem custo de manutenção e os depósitos podem ser feitos até nas Casas Lotéricas. Nos Correios há o Banco Postal que é administrado pelo Banco do Brasil. É bem fácil abrir uma conta e os depósitos podem ser feito nas agências do BB e nos Correios também.

- O normal é pedir a cliente um sinal em torno de 50% do valor da peça. Isso é feito por duas razões: com este dinheiro você vai comprar o material do trabalho e também a venda está garantida. São poucas clientes que fazem isso mas as vezes a pessoa encomenda e depois acontece um imprevisto e ela desiste quando a peça já foi iniciada ou está pronta. Isso é muito chato pois você vai perder o material e seu tempo, e se for uma encomenda personalizada é pior ainda.
O restante do pagamento junto com o frete deverá ser pago no envio. Para isso informe a cliente que a peça estará pronta no dia seguinte por exemplo. Assim ela terá tempo de efetuar o depósito.

- Mesmo como pessoa física você pode aceitar pagamentos por Cartão de Crédito, Débito e Boleto Bancário através de sites como o Pag Seguro. Basta se cadastrar e concordar com as regras destes sites. Eles cobram uma pequena taxa em cada venda e também demoram alguns dias para liberar seu pagamento. Caso você não faça vendas não vai pagar nada. Lembrando que para receber os valores (saques) você precisa ter conta bancária em seu nome.
No caso do pagamento com Cartão de Crédito combine com a cliente que o pagamento deve ser feito no valor total (incluindo o frete) já na entrada pois você vai demorar para receber e terá de comprar o material por sua conta.
Referência: Pag Seguro


- Quando fizer o envio da encomenda mande para a sua cliente o número do objeto que é informando pelos Correios no momento da postagem. Através deste número você ou a cliente pode acompanhar a entrega no site dos correios pelo rastreamento. Como é registrado será necessário a assinatura de quem vai receber a encomenda. Se não tiver alguém os Correios fazem nova tentativa. Após a 3ª sem sucesso a encomenda é devolvida ao remetente e para um novo envio será necessário pagar novamente. Prejuízo de tempo e dinheiro, por isso é importante este rastreamento.

- Guarde todos os e-mail trocados com a sua cliente até que a encomenda seja entregue e esteja tudo certo.

- O pós venda também é fundamental. Pergunte a sua cliente se gostou do trabalho e esta tudo certinho. Clientes de Crochê são para toda vida.

Amanhã vamos falar sobre venda para o exterior.

Fernanda Brum: A Tua Glória Faz

Fernanda Brum: A Tua Glória Faz:

Faz estremecer tudo em mim

Faz derreter meu coração

Me tira o medo, me conta segredos

Aumenta minha fé, revela quem és


Tu és Emanuel

Por mim se entregou

Nunca ninguém assim, me amou


A Tua glória faz com que eu voe mais

Leva bem junto a Ti, me faz flutuar

Ao som da Tua voz pulsa o meu coração

Teu derramar de amor me faz dançar


Dançarei, dançarei para Tua glória Senhor

Viverei, viverei para Tua glória Senhor

Dançarei, dançarei para Tua glória Senhor

Viverei para Tua glória Senhor



Fernanda Brum: A Tua Glória Faz

Add to Google

"O SENHOR NÃO ME VÊ, COMO O HOMEM VÊ, ELE CONHECE MEUS PENSAMENTOS E MEU CORAÇÃO" TINA..

"CREIO FIELMENTE QUE JESUS CRISTO É O DONO DA VIDA, ELE VEIO PARA TRAZER VIDA EM ABUNDÂNCIA, "ELE"; ESTÁ NO CONTROLE DE TODAS AS COISAS NINGUÉM PASSA DO DIA QUE DEUS DETERMINOU, E NINGUÉM QUE, ESTÁ DEBAIXO DA PROTEÇÃO DIVINA, PARTE PARA A ETERNIDADE ANTES DO DIA DETERMINADO POR DEUS, POIS QUEM VEIO PARA MATAR, ROUBAR E DESTRUIR FOI SATANÁS QUE PERDEU MAIS UMA BATALHA, DEUS CHAMOU MEU PAI PAR SI DIA 25 DE JANEIRO. DEUS É QUEM DECIDE QUEM MORRE E QUEM VIVE, E SIRVO A DEUS INCONDICIONALMENTE, NÃO IMPORTA O NÚMERO DE DIAS QUE ELE DETERMINOU PARA MIM AQUI NESTA TERRA, O QUE IMPORTA PARA MIM, É QUE: MORRENDO OU VIVENDO NA TERRA SEREI SEMPRE DO SENHOR JESUS CRISTO, MINHA VIDA PERTENCE A "ELE"; NÃO IMPORTA O QUE PENSAM DE MIM, POIS TENHO PLENA CERTEZA QUE O SENHOR NÃO ME VER COMO O HOMEM VÊ, ELE ESTÁ ATENTO AO MEU CORAÇÃO E SABE QUE TODOS OS MEU PENSAMENTOS SÃO PARA "ELE"; COMO EU AMO ESTE "DEUS"...TINA
"

NO MOMENTO ESTOU VIVENDO SOMENTE PELA FÉ, E ESCREVENDO COM A VOZ DO CORAÇÃO!

   CONHEÇO A BÍBLIA, MAS NUNCA OBSERVEI SOBRE A LINHA DO TEMPO DA VIDA DO SER HUMANO NA TERRA, A PALAVRA DE DEUS TEM RESPOSTAS PARA TODAS QUESTÕES PESSOAIS DA NOSSA VIDA, E TODAS AS ETAPAS VIVIDAS. FALA SOBRE NASCIMENTO, JUVENTUDE, VELHICE E MORTE, QUE É O ÚNICO MEIO DO NOSSO CORPO CORRUPTÍVEL, SE REVESTIR DE  INCORRUPTIBILIDADE, POR MAIS QUE OBSERVEI A PALAVRA DE DEUS, NÃO ME PREPAREI PARA A TERCEIRA ETAPA DA VIDA. E COM O FALECIMENTO DO MEU TIO VITORINO EM JULHO DO ANO PASSADO, E DE MEU PAI EM JANEIRO DESTE ANO, COMECEI A REPENSAR MAIS SOBRE O SENTIDO DA VIDA, E ENTENDER O SIGNIFICADO DE QUE FOMOS CRIADOS PARA GLORIFICAR À DEUS, POIS SÓ VAMOS VIVER PLENAMENTE NA ETERNIDADE.  ENQUANTO TIVERMOS AQUI NA TERRA, TEREMOS QUE ASSISTIR PESSOAS QUE AMAMOS PARTIR PARA A GLÓRIA, E MESMO SABENDO QUE SÃO SALVAS A DOR DA SEPARAÇÃO É CRUEL, O QUE ME CONFORTA É SABER QUE IREI UM DIA PARA UM LUGAR ONDE NÃO HAVERÁ MAIS DOR, SAUDADES, TRISTEZA, QUEM SABE NÃO TEREI A SORTE DE SER ARREBATADA, ANTES DE PASSAR PELA MORTE? MAIS EM DEUS ESTÁ MINHA ESPERANÇA, MESMO CONHECENDO AS PROMESSAS DE DEUS E ESTANDO FIRMADO OS PÉS NA SANTA PALAVRA DE DEUS, ESTOU SOFRENDO MUITO, SEI QUE A DOR VAI DIMINUIR, MAIS PASSAR MESMO, SÓ O DIA QUE FOR ARREBATADA OU O SENHOR JESUS CRISTO ME CHAMAR...MESMO EM MEIO A DOR E TANTAS PROVAÇÕES CONTINUO CRENDO QUE DEUS SEMPRE ESTEVE E ESTÁ NO CONTROLE DE TODAS AS COISAS...O QUE ESTOU ESCREVENDO É QUE ESTÁ DENTRO DO MEU CORAÇÃO, SE ERREI EM ESCREVER ALGO, NÃO TENHO VERGONHA DE CORRIGIR DEPOIS, MAS TAMBÉM NÃO ME ENVERGONHO DE ESCREVER SEM DEMAGOGIA O QUE SINTO NO MOMENTO, POIS ESTE BLOG, A VOZ DO CORAÇÃO É PESSOAL, FOI CRIADO PARA EXPRESSAR MEUS SENTIMENTOS, PARA POSTAR COISAS QUE GOSTO DE FAZER...A ÚNICA COISA QUE TENHO ABSOLUTA CERTEZA QUE FALO E FALAREI ATÉ O ÚLTIMO MOMENTO DE VIDA É: VALE MAIS QUE A PENA SERVIR A ESTE DEUS GRANDIOSO, TODA GLÓRIA, HONRA E PODER DAREI ENQUANTO VIVER AO MEU AMADO MESTRE SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO...

Calcular Preço do Crochê - 1ª Parte

Calcular Preço do Crochê - 1ª Parte:
Quanto vale o Crochê ?

1ª Parte


Quanto vale o Crochê? Uma pergunta bem simples quando se trata de uma peça confeccionada por você. Mas se a pergunta é feita por outra artesã que deseja vender a peça confeccionada por ela? Eu recebo todas as semanas perguntas assim, de pessoas que estão iniciando no Crochê e até em outros artesanatos e não sabem como cobrar pelo seu serviço. O valor X é caro ou barato? É justo ou estou espantando a cliente?

Confesso que não me sinto confortável em responder já que o preço pelo serviço de uma artesã é algo muito pessoal e próprio de cada trabalho. Mas se eu não responder também é complicado pois a pessoa fica com a ideia que estou fazendo pouco caso ou não me interessei em ajudá-la. No texto abaixo e nos próximos dias vou comentar sobre este tema.

Costumo responder de forma rápida como em uma explicação que fiz na comunidade "Elaine Croche" do Orkut ainda em janeiro de 2009. Digo mais ou menos assim: que o preço a ser cobrado por um trabalho em Crochê depende de muitos fatores. No geral a maioria das pessoas cobra da seguinte maneira: se for um trabalho simples você multiplica o valor do seu custo (linha, lã, botões, elástico, transporte até a loja, etc.) por 3 (três) e se for um trabalho mais complexo (demorado para ser feito) multiplique este valor por 4 (quatro). Desta maneira você tem uma reserva para dar um desconto por quantidade ou se prevenir de alguns contratempos que podem aparecer.

Mas sempre faço a ressalva que nem em todos os casos é assim tão simples. Querem ver um exemplo? A toalhinha de copo-de-leite que já mostrei no blog diversas vezes.


Geralmente tem o corpo em uma cor, os copos-de-leite em outra quase sempre em branco e o pistilo em outra cor que as vezes é a mesma do corpo. Com um novelo você faz o corpo e para a outra cor (ou cores) você vai precisar comprar mais um novelo e até dois conforme a escolha da cliente, mas vai gastar muito pouco destes fios. Infelizmente não há como comprar "meio-novelo". Com isso o custo do material vai dobrar ou triplicar e sobrar bastante do novelo das flores e do pistilo quase inteiro. Estes novelos as vezes você vai guardar por muito tempo por não ter uma utilidade específica. Então seria justo que você cobre por este valor, mesmo que de forma parcial. Nem sempre as clientes entendem isso.

Outro exemplo é a Almofada Zig-zag Arco-íris.


Para sua confecção um cone de barbante é pouco e com dois cones há sobra de material. Diria que é possível fazer com um cone e meio dependendo do tamanho. Mas para o efeito arco-íris (ou degrade) é necessário o uso de no mínimo 5 (cinco) cores. Lá vamos nos com o mesmo dilema, pois vamos comprar material suficiente para fazermos 3 (três) ou mais peças que usaremos para fazer apenas uma... O que fazer com as sobras? Se cobrar todo o material da cliente o preço da peça fica proibitivo, se você assumir este custo seu lucro vai ficar praticamente todo na sobra do material.

É preciso um meio termo onde você diminui um pouco do seu lucro para que o valor da peça não seja fora da realidade e você perca a encomenda. Como é bom ter aquelas sobras de material que nesta hora podem ajudar a resolver este problema.

Há casos que chegam a ser tão complicados que parecem sem solução. Imagine que a cliente pede um barradinho em Crochê numa toalha de rosto ou outra bem pequena. E quer em uma cor que você não tem nenhuma sobra de fio. Você terá de comprar a linha e usar algo em torno de 20 (vinte) % do novelo. Se cobrar apenas o valor proporcional do fio que gastar mesmo que multiplique por 4 (quatro) ainda assim você estaria praticamente “pagando para trabalhar” pois receberia menos que o valor investido no material. E se cobrar o preço do novelo inteiro e multiplicar por 3? Com certeza vai espantar e perder a cliente.

E as vezes você acha que o barradinho vai ser rápido e simples de ser feito e ao invés de 2 horas gasta o dia inteiro.

Posso citar diversos casos em que esta regrinha não funciona, bem como qualquer outra. Sem falar nos contratempos que aparecem pelo caminho.

Já aconteceu comigo e pode acontecer com você também. Fazemos a previsão de gastar em uma peça apenas 1 novelo e falta um pouquinho de fio para terminar o trabalho. Não tem solução, você vai ter que comprar outro novelo e assim o lucro que você teria cai pela metade. Imagine se para complicar no armarinho que você comprou não tem mais a mesma linha (ou lote) e você tem de se deslocar a outra loja mais longe da sua casa e assim aumentam os custos com passagem, gasolina, etc. Em algumas cidades o preço da passagem de ida e volta é mais caro que a própria linha. E se o material tiver sido comprada pela net? Outro novelo significa outro pedido e mais um frete pelos correios.

Percebem todos estes detalhes? Como podem ver acabei não respondendo de forma exata a pergunta inicial deste texto, isso é complicado realmente. Mas pelo menos mostrei com exemplos praticos o porque de não poder responder e exemplifiquei algumas variáveis envolvidas nesta conta.

Cabe a cada uma colocar todos estes detalhes, examinar as particularidades no momento de calcular o orçamento para suas peças de maneira a prevalecer o bom senso. Toda negociação tem de ser boa para quem compra e para quem vende. Lembrando que com o tempo e a experiência isso será feito de forma cada vez melhor.

Amanhã postarei outra forma de cobrar pelo seu Crochê, que também não é exata pois tem seus detalhes também.

Hinos inesquecíveis: Crer e Observar

Hinos inesquecíveis: Crer e Observar: Em Jesus confiar, sua lei observar,
Oh, que gozo, que bênção, que paz!
Satisfeitos guardar
tudo quando ordenar
Alegria perene nos traz.

Crer e observar
Tudo quanto ordenar;
O fiel obedece
Ao que Cristo mandar!

O inimigo falaz e a calúnia mordaz
Cristo pode desprestigiar;
Nem tristeza, nem dor,
nem intriga maior
Poderão ao fiel abalar.

Que delícia de amor,
comunhão com o Senhor
Tem o crente zeloso e leal;
O seu rosto mirar,
seus segredos privar,
Seu consolo constante e real.

Resolutos, Senhor,
e com fé, zelo e ardor,
Os teus passos queremos seguir;
Teus preceitos guardar,
o teu nome exaltar,
Sempre a tua vontade cumprir.




Add to Google

FONTE: PORTAL OFICIAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DA CIDADE DE IPUPIARA BA

Acessos Rodovíarios:
.
Saindo de Salvador pela BR-324 até Feira de Santana, seguir pela BR-116(sul) até Paraguaçu e seguir pela BR-242, após a cidade de Seabra e a serra da mangabeira, no entroncamento de Brotas de Macaúbas/Ipupiara, entrar a direita e seguir pela BA-156 até alcançar o km 71.
.
Localização:
.
LOCALIZAÇÃO BAHIATem fronteira, ao norte, com o município de Gentio do Ouro, ao leste, com Barra do Mendes, ao oeste e ao sul, com Brotas de Macaúbas.
Dados Geográficos
O município encontra-se encravado na microrregião de Boquira, mesorregião Centro-Sul Baiano, a 624 km da capital do Estado, Salvador. Tem uma população estimada 2005 em 1 de julho de 2005 de 8.859 habitantes, uma densidade demográfica de 6,42 hab/km² (Censo IBGE 2000).
A descrição topográfica do município indica que o território é formado por serras, a destacar a Chapada Diamantina conhecida carinhosamente como "Serra da Carranca".
A característica do solo é semi-árido, e possui vários lagos que compõe a rede hidrográfica do município e tem o Rio Verde formador da Barragem de Mirarós como seu principal rio. O clima pode ser caracterizado como tropical. Sua vegetação predominante e a caatinga, e os minérios encontrados são principalmente: cristal, baritas, manganês e ouro.
A fauna é pequena, havendo pouca caça e pesca. Constitui-se como local de grande atração turística uma lagoa construída de águas diamantinas, conhecida como Lagoa do Carranca, para onde afluem muitas pessoas para apreciar a beleza da região, apenas á 14 km da sede.
A sede está situada a uma altitude de 780 metros acima do nível do mar e a área do município, segundo o Censo 2000 do IBGE, é de 1.180 km².
.
Economia
A agricultura e pecuária são de subsistência. A cidade produz feijão-de-corda, milho, mandioca, mamona, fumo de corda, etc. A pecuária é na sua maioria bovina, eqüino, ovino, suíno, e caprina, destacando-se o gado de raça não definida (pé-duro).
No solo do município são encontrados em pequenas quantidades minerais como: ouro, carbonato, mármore, manganês, barita, cristal de rocha, etc.
Conforme registros na JUCEB, possui 7 indústrias, ocupando o 138º lugar na posição geral do estado da Bahia e 258 estabelecimentos comerciais, 162ª posição dentre os municípios baianos.
Registro de consumo elétrico residencial (Kwh/hab.): 113,17 - 109º no ranking dos municípios baianos.
.
Nossa Bandeira:
..
BANDEIRA DE IPUPIARA
..
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Prefeitos
  • José Antonio dos Santos, primeiro gestor, que governou de 1959 a 1962;
  • Arlindo Alves de Almeida, de 1963 a 1966;
  • Arthur Gomes da Silva, de 1967 a 1970;
  • Osvaldo Leite da Silva, que governou por três mandatos, sendo o primeiro de 1971 a 1972, o segundo mandato foi de 1977 a 1982 e o terceiro mandato de 1993 a 1996;
  • Oscarino José dos Santos, que governou de 1973 a 1976;
  • Getúlio Ribeiro Barreto, de 1983 a 1988;
  • Gildásio Martins Sodré, de 1989 a 1992;
  • José Luciano Novais, de 1997 a 2000;
  • Ascir Leite Santos, de 2001 a 2004, foi reeleito para o mandato de (2005-2008);
  • David Ribeiro Primo, de 2009 a 2012 (atual).

Curiosidades sobre o município

Você sabia?
· Que atrás da serra Vanique, existia uma comunidade, (antes dos primeiros moradores de Ipupiara) com intenso comércio, com economia baseada na exploração de diamantes e que hoje só existem os escombros?
· Que Lamarca, o Capitão da Guerrilha e o seu companheiro Zequinha, foram assassinados pela Ditadura Militar, em 17 de setembro de 1971, na comunidade de Pintada, município de Ipupiara?
· Que em 1906, quando Ipupiara era denominada Fortaleza do São João, teve criado o primeiro Distrito Policial?
· Que em 1911, foi instalado o Juizado de Paz?
· Que em 1912, foi inaugurada a Agência da Empresa de Correios e Telégrafos, tendo como primeiro funcionário o Sr. José dos Santos?
· Que em 1946 ou 1947, foi inaugurada a linha telegráfica, ligando Barra do Rio Grande a Brotas de Macaúbas?
Que Ipupiara é a menor cidade do Brasil da qual saem dois ônibus (um da empresa EMTRAM e outro da Novo Horizonte) para São Paulo todos os dias, às 4h 30min da manhã? (Veja mais no menu TRANSPORTE).
.
.
Atual administração:
  • Prefeito: David Ribeiro Primo (2009/2012)
  • Vice-prefeita: Elisângela Rosa da Silva Vieira
  • Presidente da câmara: Irineu Oliveira Gomes Neto
  • Vice-presidente: Vanderlino Vieira
  • 1ª Secretária: Marlene Gomes Martins
  • 2º Secretário: Vilmar Monteiro Farias

Biografia dos Prefeitos de Ipupiara

1º Prefeito
José Antônio dos Santos

JOSÉ ANTONIO DOS SANTOSNatural da Vila de Ibipetum, antiga Gameleira, nascido a 08 de março de 1917, filho de Antonio Francisco dos Santos e dona Maria dos Anjos Santos. Depois de feito os estudos primários, começou a fazer o Ginásio, desistindo para se dedicar ao comércio de fumo em corda, em expansão na época. Também teve propriedade rural onde se dedicou a pecuária.

Foi político, participou da campanha para emancipação de Ipupiara. Candidatou-se a Prefeito no primeiro pleito que se realizou no Município recém criado, em 15 de novembro de 1958, obtendo igual número de votos de seu adversário, sendo mais velho a Lei deu-lhe o direito, sendo eleito para um mandato de 4 anos, de 1959 à 1963.

.

2º Prefeito
Arlindo Alves de Almeida

ARTUR GOMES DA SILVANatural de Ibitunane, município de Gentio do Ouro, nasceu no dia 04 de maio de 1918, filho de Adrião Alves de Almeida e de Maria Alves da Conceição.

Mudou-se para Ipupiara, antigo Fundão de Brotas, em 1926 vindo a residir com o Sr. José Alves de Almeida e Fermolina Alves, freqüentou as escolas da época, chegando a fazer os estudos primários.

Dedicou-se ao Comércio de tecidos e posteriormente farmacológico, sendo também político, e nos anos de 1940 até a criação do atual Município foi à luta juntamente aos seus companheiros ou chefes, com ideais nesta direção, até que em 1958 foi realizado o sonho.

Candidatou-se a Prefeito, sendo eleito em 15 de novembro de 1962, tomou posse no dia 07 de abril de 1963, cessando o mandato em 07 de abril de 1967.

.3º Prefeito
Artur Gomes da Silva

Natural da Vila de Ibipetum, antiga Gameleira, nasceu em 01 de dezembro de 1920, filho de Honorato Francisco da Silva e de Hornelina Silva.

Freqüentou as escolas primarias da época, não chegou a concluir os estudos, dedicando-se ao comércio de fumo em corda para os estados do Piauí e Maranhão.

Não gostava tanto de política, no entanto, candidatou-se a Prefeito deste Município nas eleições de 15 de novembro de 1966, sendo eleito para um mandato de 4 anos e tomando posse a 07 de abril de 1967.

.

4º, 6º e 9º e Prefeito
Osvaldo Leite da Silva

OSVALDO LEITE DA SILVANascido nesta cidade de Ipupiara, Estado da Bahia, aos 20 dias do mês de junho de 1932, filho de Francisco Pantaleão Leite e Ana Rosa Leite da Silva.

Sempre foi político, elegeu-se vereador na Legislatura de 1962 a 1966, candidatou-se a Prefeito, sendo eleito em 15 de novembro de 1970 para um mandato de 2 anos, tomou posse a 07 de abril de 1971...

Osvaldo Leite da Silva reside atualmente da comunidade de Lagoa de Prudente, neste município, na qual ainda dedica-se a atividades ligadas à agricultura e pecuária.

.

.5º Prefeito
Oscarino José dos Santos

OSCARINO JOSÉ DOS SANTOSNascido em Ibipetum, antiga Gameleira, a 02 de janeiro de 1929, filho de José Carlos dos Santos e de Zulmira Alves dos Santos, vindo residir com seus pais desde 1936, quando mudaram para Ipupiara.

Não concluiu os estudos primários da época.

Dedicou-se ao Comércio, foi um dos primeiros a possuir um Caminhão. Político de tradição, foi eleito Vereador no primeiro pleito realizado no recém criado Município, na legislatura 1959 a 1963.

Foi eleito Prefeito em 15 de novembro de 1972, assumindo o governo do município em 31 de janeiro de 1973.

...

7º Prefeito
Getulio Ribeiro Barreto

Nascido em Gentio do Ouro, a 10 de dezembro de 1921, filho de Licinio Gomes Ribeiro e Francisca Alves Barreto. Fez os estudos primários em Gentio do Ouro, veio para Ipupiara, antigo Jordão, em 1939 onde se radicou, dedicando ao Comércio de tecidos.

Sempre foi político, foi eleito Vereador na legislatura 1963 a 1967, eleito Prefeito em 1982, assumiu o Governo do Município a 31 de janeiro de 1983, cessando o seu mandato em 01 de janeiro de 1989.

.

.

8º Prefeito
Gildasio Martins Sodré

Nasceu em u m lugarejo de nome Milagres, pertencente ao Município de Morpará, a 29 de julho de 1949, filho de Matias Martins Sodré e Isabel Sodré Silva.

Ainda menino, veio com seus pais morar em Ibipetum antiga gameleira, dedicando-se de inicio a lavoura, em seguida começou a dedicar-se ao comércio de cereais em todos os níveis, não era muito político, mas em 1988, a convite de amigos, candidatou-se saindo vitorioso no pleito, sucedendo o Sr. Getulio Ribeiro Barreto. Tomou posse no dia 01 de janeiro de 1989. O seu mandato cessou em 01 de janeiro de 1993.

.

..

.

10º Prefeito
José Luciano Novais

Nasceu na Vila de Ibipetum, no dia 24 de Julho de 1951, filho de Aristides Pereira de Novais e Maria Martins dos Santos. Após ter concluído o primário em Ibipetum foi cursar o ginásio em Brotas de Macaúbas, prestou o serviço militar em São Paulo, retornou a capital baiana e dedicou-se aos estudos, formou em enfermagem, foi Enfermeiro e Representante Laboratorial, posteriormente empresário na atividade de Segurança Patrimonial.

Residente na cidade do Salvador, foi eleito prefeito deste município no ano de 1996, tomando posse no dia 1º de janeiro de 1997, exercendo o cargo até o dia 31 de dezembro de 2000.

.

.

11º e 12º Prefeito
Ascir Leite Santos
.
Nascido nesta cidade no dia 02 de julho de 1968, filho de Emiliano Santos Cunha e Aurelice Leite Santos, sempre residiu em sua terra natal, o destino lhe deixo sem pai aos 15 anos de idade junto com os cinco irmãos ficou a incumbência de levar adiante aquilo que o destino lhe impusera. Com um nível de escolaridade razoável, segundo grau em magistério, atividade que exerceu por mais de um ano, mas a sua inclinação sempre foi a de comerciante, transformou a mercearia deixada por seu pai no grupo empresarial Santos 2000.

Candidatou-se a prefeito desta comunidade, sendo eleito em 01 de outubro de 2000, tomou posse em 01 de janeiro de 2001.

Em 2004 candidatou-se novamente ao cargo de prefeito do município de Ipupiara, sendo reeleito. Assumiu seu segundo mandato em 1º de janeiro de 2005.

.

.
13º Prefeito (atual)
David Ribeiro Primo

Nasceu no dia 29 de junho de 1962 no povoado de Olho D’água – Ipupiara-Ba. É filho de José Ribeiro dos Santos e D. Judite Pereira dos Santos.

De origem humilde, desde muito jovem se notabilizou pela capacidade de luta e defesa dos mais necessitados, enfrentando desafios e apoiando lavradores e garimpeiros, na luta por uma vida melhor para todos.

Foi professor na rede municipal de ensino e lecionou nos Colégios CNEC e Artur Ribeiro no período de 1984 a 1998. Em 1989 ingressou na vida pública, sendo secretário de Educação até o ano de 1994, nas gestões de Gildásio e Osvaldo Leite. Foi também Assessor parlamentar do Deputado Horácio Mattos em 1997. Entre os anos 2001 e 2008, se destacou como Secretário de finanças.

Tomou posse na Prefeitura Municipal de Ipupiara em 1º de janeiro de 2009.

O EMBATE DE GIGANTES

As tropas dos coronéis Militão Rodrigues Coelho e Horácio de Matos travam batalhas ferrenhas por toda nossa região no período dos revoltosos.

Muitos destes embates aconteceram dentro dos limites do município de Ipupiara, à época pertencente a Brotas de Macaúbas, outrora (por um período muito menor) pertencente a Barra do Mendes. Por falar em Barra do Mendes, foi lá onde aconteceu a Batalha Final entre estes dois coronéis.
Nos textos abaixo você acompanha a curiosa biografia destes vultos históricos da nossa região.
.

Coronel Militão Rodrigues Coelho

CEL. MILITÃO RODRIGUES COELHONasceu em Umbaúba, então povoado de Jordão, distrito pertencente a Brotas de Macaúbas, hoje cidade de Ipupiara, Bahia, aos 20 de outubro de 1859. Era filho do fazendeiro Manoel Rodrigues Coelho e da senhora Norberta Olímpia Sodré Coelho.
O pai de Militão bebia muito e um dia, depois da janta, estava sentado na varada de sua residência, em Barra do Mendes, quando foi assassinado com um tiro. Ninguém, até hoje, descobriu quem o matou. Acredita-se que tenha sido um de seus escravos.
O coronel Militão Coelho era descendente de piauienses: Seu avô paterno, Vicente Rodrigues Coelho, era natural do Estado do Piauí. Os pais de Miltão Coelho transferiram sua residência de Fundão (atual Ipupiara), para Barra do Mendes, onde fixaram residência definitiva.
Militão Coelho casou-se em primeiras núpcias com Dona Maria Barreto Coelho, com quem teve os seguintes filhos: Capitão Adelino Rodrigues Coelho, ex-Intendente Municipal e ex-Agente Postal em Barra do Mendes, casado com a senhora Teonília Olímpia Sodré Coelho; Sofia Rodrigues de Amorim, casada com Heliodoro Joaquim de Amorim, ex-Conselheiro Municipal de Barra do Mendes; Adelina Rodrigues Coelho Barreto, casada com o Major Avelino Alves Barreto, ex-Coletor Estadual; Rosa Rodrigues Coelho de Sousa, casada com o senhor Sebastião Avelino de Sousa, fazendeiro; Ormelina Rodrigues Pacheco, casada com Wenceslau de Souza Pacheco, ex-Conselheiro Municipal de Barra do Mendes, todos já falecidos. Falecendo sua primeira esposa, o Cel. Militão Coelho casou-se em segundas núpcias, na Igreja Imaculada Conceição, em Barra do Mendes, com dona Maria da Glória Sodré Coelho, com quem teve os seguintes filhos: Nestor Rodrigues Coelho, ex-prefeito de Brotas de Macaúbas e ex-deputado estadual, casado com Dona Rachel Barreto Coelho; Eurico Rodrigues Coelho, ex-Subdelegado de Polícia, casado com dona Idalice Barreto; Anízio Rodrigues Coelho, ex-Sargento da Polícia Mineira, casado com a Senhora Iracema Coelho; Luiz Rodrigues Coelho, ex-Comerciante; Ana Maria Coelho Barreto, casada com Antonio Alves Barreto, ex-fazendeiro; Solina Coelho Oliveira, casada com o senhor Alberic Campos de Oliveira, ex-Comerciante; Alzira Coelho dos Santos, casada com o doutor Sebastião Nestor dos Santos, ex-prefeito de Brotas de Macaúbas. Todos já falecidos, exceto as senhoras Idalice Barreto e Iracema Coelho.
Militão Coelho tornou-se o chefe político mais poderoso do sertão e tinha apoio do Chefe de Polícia, doutor José Álvaro Cova, que ocupou a Secretaria da Segurança Pública em dois governos sucessivos, de José Joaquim Seabra (1912-1916) e de Antonio Muniz (de 1916-1920). Era Coronel da Guarda Nacional e foi chefe político de incontestável prestígio nos municípios de Brotas de Macaúbas e Barra do Mendes.
Tinha pelos amigos sinceros grande e verdadeira admiração. Nas horas de folga gostava de jogar “damas” com os amigos mais próximos. Em 12 de maio de 1896, os jagunços comandados por Clementino de Mattos atacaram Barra do Mendes. Militão Coelho, por ser prudente e ser um homem de paz, recusou-se das ameaças dos inimigos invasores e fugiu com seus amigos e parentes para Olhos D’água dos Batatas, no município de Gameleira do Assuruá. Os invasores, encontrando Barra do Mendes sem ninguém, não tendo, desta forma, com quem brigar, incendiaram as casas de palha existentes na época. Porém, foi em 1919 que a luta tomou caráter mais sério, mais grave, mais sangrento e mais encarniçado, igual a tantos outros que ensangüentaram o sertão baiano naquela época, quando Barra do Mendes foi novamente sitiada.
A luta entre os jagunços comandados pelo Coronel Militão Coelho, chefe de Barra do Mendes, e os jagunços comandados pelo Cel. Horácio de Mattos, chefe da Chapada Velha, que teve como palco a cidade de Barra do Mendes, iniciou-se no dia 07 de janeiro de 1919 e terminou somente no dia 08 de julho do mesmo ano, quando houve o armistício. Militão Coelho foi Conselheiro Municipal, presidente do Conselho Municipal, presidente do diretório municipal do Partido Republicando Federal – PRF, depois presidente do Diretório Municipal do Partido Republicano Democrático – PRD (1914-1919) em Brotas de Macaúbas.
Tomou posse do cargo de Intendente Municipal de Brotas de Macaúbas, em 03 de janeiro de 1915, governando o município até 22 de fevereiro de 1916, voltando a exercer o cargo de Intendente de Brotas de Macaúbas, em 14 de março de 1916, até 18 de agosto de 1917.
Prestou grandes e inestimáveis serviços ao município de Barra do Mendes, realizando importantes obras de interesse público.
Como coronel, no dia 14 de agosto de 1914, tomou posse do cargo de comandante da 103ª Brigada da Cavalaria da Guarda Nacional em Brotas de Macaúbas.

CALENDÁRIO!

Postagens populares